Skip to main content Skip to search

Archives for Saúde e Qualidade de Vida

Equilíbrio mente e corpo: o veículo do seu sucesso

Quem quer sucesso profissional precisa de uma mente afiada, criativa, sem preconceitos e de um corpo ágil, rápido e cheio de vitalidade.

Quem quer atrair bons relacionamentos precisa de um corpo atraente, bem cuidado, que inspire desejo e uma mente receptiva, cooperativa e sensível.

Quem quer chegar em qualquer lugar de sucesso precisa de um veículo que o transporte de onde você está para onde você deseja chegar. Este veículo é o seu corpo e a sua mente em equilíbrio!

Read more

Os três vilões que impedem você de viver a vida que deseja

Você aprendeu um conhecimento fantástico que pode mudar sua vida, acredita 100% neste conhecimento, está super motivado e sabe que se atingir o seu objetivo com este conhecimento o ganho é enorme.

Mas porque, mesmo sabendo tudo isto, você não consegue transformar este conhecimento em um novo hábito de vida?

Mas porque aquele condicionamento antigo de fazer o que você sabe que é errado continua sendo parte do seu repertório diário?

Read more

Seu corpo o termômetro do nível do seu stress

Quando o seu corpo adoece ele está reclamando para você: “Não aguento tanta pressão“.

Eu uso o meu corpo como um termômetro do nível que o stress está me afetando.
E já observei que quando estou muito envolvida com um problema, e que de certa forma, passo a ideia de que não tenho o controle para resolvê-lo, um sintoma aparece.

Read more

Meditar relaxa mais que dormir

É famosa a imagem dos monges budistas que suportam todo tipo de dor- como deitar-se sobre brasas – enquanto estão meditando. E a explicação está num fenômeno neurológico. Durante a meditação, o relaxamento é tão grande que o corpo deixa de dar resposta aos estímulos externos. Para entender, imagine o cérebro humano como uma imensa rede de comunicações. Cada um dos seus 14 bilhões de neurônios se conecta com milhares de outros. Assim, até nas atividades mais simples, você processa um monte de informações, em um certo ritmo. Durante o dia, esse ritmo vai de 15 a 30 hertz ( ciclos por segundo ). É chamado estadoBeta. Durante o sono, esse ritmo baixa para 4 ciclos por segundo, o estado Delta. Quando você medita, seu cérebro fica num estágio intermediário entre vigília e o sono, o Alfa . A freqüência cerebral, aí, vai de 8 a 12 hertz. Mas, incrivelmente, o repouso na meditação é maior do que no sono.

Read more

Cérebro não é computador

Em 1848, na Nova Inglaterra, a vida de Phineas Gage foi tragicamente alterada. Uma explosão de dinamite lançou uma barra de ferro de aproximadamente 3 cm de espessura, que atravessou o cérebro do ferroviário. Milagrosamente, o jovem sobreviveu. Mas o caso Phineas Gage ocupou os neurologistas ainda por outro motivo: antes do acidente, Gage era tido como calmo, bom e sociável. Após a lesão em seu lobo frontal, passou a ser barulhento, briguento e inescrupuloso. Para os amigos, tornou-se um estranho. Para os cientistas, a prova viva de que cérebro e personalidade estão indissociavelmente ligados.

Read more

Qual é o seu nível de energia?

Todos nós temos um campo magnético que emana energia, que é a linguagem que todos os componentes do Universo entendem. A linguagem das vibrações.

Você cria vibrações. Quando está zangado, você cria vibrações. Quando está sexualmente excitado, cria vibrações. Quando está amando , cria vibrações. Essas vibrações são a comunicação universal – elas são compreendidas por toda a existência.

As mensagens que você envia, atraem matérias do mesmo nível. Funcionam como um imã.

Que mensagens você está enviando para o Universo?

Que matérias você esta atraindo em conseqüência deste seu nível de energia?

Inúmeras pesquisas estão sendo realizadas para provar o poder do nosso campo magnético. Estão fazendo experiências com plantas. Dizem que, se você se aproximar de uma planta com a idéia de arrancar flores, só com a idéia- ainda não arrancou – , se apenas com a idéia você se aproximar da planta, toda ela começa a tremer.

Já inventaram instrumentos sofisticados que podem checar qual a emoção que a planta está sentindo, Se for medo, assim como num cardiograma, o instrumento registra medo no papel. Se você se aproxima com a idéia de regar a planta, ela se sente feliz. Isso é registrado. Assim reagem todos os elementos do Universo à seu campo vibracional. Não só as plantas, os animais, as pessoas e inclusive objetos.

Você está continuamente criando vibrações à sua volta. Você é um transmissor contínuo de vibrações. Aconteça o que acontecer em seu pensamento, é como se alguém jogasse uma pedra num lago: formam-se círculos concêntricos, e eles se alastram – chegam até à margem, espalham-se por toda a volta. Um sentimento desperta em você; imediatamente uma pedra foi atirada no lago de seu ser. Uma idéia desperta em você – formam-se ondas. Elas se alastram por toda a volta e retornam para você com as respostas do Universo…

Tudo que você está vivendo agora é resultado do seu campo vibracional em ação. Você é o construtor de tudo que está e irá vivenciar.

A vida dá, e dá infinitamente, e dá incondicionalmente. Você só precisa enviar as mensagens corretas.

Um amigo meu veio em minha casa se despedir porque estava indo fazer uma viagem de negócios. Sua fisionomia estava cansada e ele reclamava de ter que acordar no outro dia tão cedo para pegar o avião e que tinha tantas coisas que não tinha feito e como tudo estava complicado e assim por diante. Era um campo vibracional de nível muito inferior. Perguntei a ele, como gostaria que fosse a viagem, ele me respondeu: Como assim????

O que você gostaria de experimentar nesta viagem de negócios?

Sei lá, estou tão cansado…

Não importa o quanto o Universo tem para lhe oferecer, você só recebe do seu jeito.

Adivinhe como foi sua viagem? Um desastre do início ao fim e ele ainda retrucou: Não tenho sorte.

Na verdade meu amigo não constrói a sorte. Ele não tinha um campo vibracional de padrão elevado para atrair acontecimentos de padrão elevado. O Universo responde as nossas mensagens.

A vida só se realiza através de você. Suas idéias, seus pensamentos, seus sentimentos são criadores de circunstâncias, acontecimentos e qualquer outra matéria da natureza. Se você entrar numa experiência vibrando negativamente, apesar da riqueza que poderia existir naquele momento, você não atrai, você não dá vida aos elementos que estão presentes naquele momento. Você não enxerga o presente que o Universo gostaria de lhe entregar.

Qual é o seu nível de energia?

Seja tudo aquilo que você quer atrair.

Read more

Alimentação Cerebral

Recentemente novas pesquisas têm demonstrado que cada vez mais a alimentação tem influenciado não somente na prevenção de doenças, mas sim no desenvolvimento psíquico, intelectual e funcional de um órgão, que é o centro de controle do corpo: o cérebro.

O cérebro usa 20% da energia do corpo, pois ele requer constante oxigênio que recebe da corrente sangüínea, e usa aproximadamente 25% do oxigênio inalado. A fisiologia cerebral é bastante complexa e tem o poder de influenciar em tudo que fazemos.

As unidades celulares fundamentais do cérebro são chamadas neurônios.

Acesse a Loja MP e escute um trecho da palestra A motivação para cuidar de seu corpo.

 

Neurônios possuem receptores que captam mensagens dos neurotransmissores, químicos no cérebro que transitam entre as células. Esses neurotransmissores são capazes de se ligarem a neurônios receptores e criarem atividades cerebrais especificas.

Uma alimentação balanceada e saudável que atenda as necessidades específicas do cérebro pode ajudar neurônios a alcançar um equilíbrio químico satisfatório.

As células nervosas são compostas de lipídios e por a escolha adequada de determinadas gorduras na alimentação influenciam na manutenção da saúde cerebral.

Podemos citar com exemplo de gordura benéfica que auxilia tanto na função cerebral e saúde cardíaca o ácido graxo ômega 3, que pode ser encontrado nos peixes (cavala, salmão, arenque, sardinha, atum), nozes, óleo de oliva, óleo de semente de linho.

Dicas para auxiliar na criação de um “supercérebro”:

– Consuma peixes, principalmente: cavala, salmão, anchova, atum, arenque, sardinha, no mínimo 3x por semana, pois os mesmo são ótimas fontes de ômega 3;

– Inclua na alimentação alimentos antioxidantes (alimentos “limpadores” dos radicais livres), por exemplo, os carotenóides (encontrados nos alimentos de cor alaranjada, como: laranja, mamão, cenoura), ricos em vitamina C (encontrados nas frutas cítricas e vegetais como: limão, couve e espinafre) e vitamina E (encontrados em sementes e castanhas, como: feijão e óleos vegetais).

– Não deixe de iniciar seu dia com um balanceado e saudável café da manhã, pois o cérebro precisa de calorias e uma taxa de açúcar como combustíveis para um ótimo funcionamento;

– Prefira os grãos e cereais integrais, pois são excelentes fontes de fibras;

– Tenha uma alimentação balanceada, contendo principalmente os seguintes nutrientes:

* Fonte Bibliográfica: Thibault Louise. Alimentar o Cérebro
Read more

Alimentando sua disposição

Uma alimentação adequada fornece combustível para uma boa saúde corporal, tornando a mente mais ativa e proporcionando, assim, uma boa disposição. Já uma alimentação desequilibrada pode produzir a carência de determinadas vitaminas e minerais, que se manifestam por sintomas físicos ou sensação de apatia, desânimo, irritabilidade, nervosismo, cansaço, falta de concentração, falha na memória e até depressão.

Mas você sabia que alguns alimentos ajudam a dar mais disposição e a espantar o cansaço, o estresse e o desânimo?Afinal, “você é o que você come!”.

O papel exercido pelos neurotransmissores é fundamental na alimentação para auxiliar no estado de ânimo.

Os neurônios precisam continuamente coletar informações sobre o estado interno do organismo e de seu ambiente externo, avaliar essas informações e coordenar atividades apropriadas à situação e às necessidades da pessoa.

Nesse processo de comunicação entre as células nervosas (neurônios), é essencial a participação dos neurotransmissores, substâncias químicas que agem como mensageiros para essa comunicação. Como exemplo de neurotransmissores podemos citar: a serotonina e a dopamina, capazes de gerar sensação de bem-estar e melhorar o estado de ânimo.

Nutrientes essenciais para a manutenção do bom estado de ânimo:

Triptofano: é um aminoácido essencial, precursor da serotonina (neurotransmissor). Alguns alimentos ricos em triptofano são: o leite e os produtos lácteos, peixes, carnes, vísceras, legumes, frutas secas, chocolate e frutas como a banana e o abacate.

Carboidratos: favorecem a passagem do triptofano pela barreira hemato-encefálica para convertê-lo em serotonina. Podem ser encontrados no açúcar mascavo, mel, frutas, cereais e farinhas integrais.

Vitaminas do complexo B e ácido graxo ômega 3: fundamentais para o desenvolvimento do sistema nervoso devido à sua alta concentração na membrana dos neurônios. Os alimentos ricos em vitaminas do complexo B são os cereais, o leite e seus derivados, ovos, verduras de folhas verdes, frutas, carne vermelha, vísceras e levedura de cerveja. Já os ácidos graxos ômega 3 podem ser encontrados nos peixes de água fria, sementes, óleos de linhaça e canola, cereais e vegetais de folhas verdes.

Alimentação para ter mais ânimo

Sabe-se que as proteínas são capazes de ativar alguns neurotransmissores de excitação no cérebro como, por exemplo, a dopamina e a noradrenalina. Há também a comprovação que determinadas frutas e verduras ajudam a restabelecer o equilíbrio emocional.

Alguns temperos estimulam enzimas que aumentam a secreção gástrica e elas, por sua vez, melhoram a absorção de nutrientes.

O gengibre atua como uma especiaria com poder desintoxicante, ajudando a metabolizar e excretar toxinas. A noz moscada e a canela possuem um leve efeito termogênico.

Os alimentos que tiram o ânimo

Deve-se evitar:

– o açúcar refinado (encontrado em bolachas, doces).O consumo descompensa os níveis de glicose sanguínea, levando a um estado de queda de glicose;

– O excesso de cafeína. O consumo excessivo causa depleção de vitaminas do complexo B e de alguns nutrientes como: ferro, zinco e magnésio.

– O excesso de bebidas alcoólicas. O consumo excessivo também atrapalha na absorção e age como depletador dos nutrientes.

Read more

Cérebro “Feliz”

Vermelho, amarelo, verde. Diante das diferentes cores nas imagens de ressonância magnética o biólogo molecular Richard Davidson identifica as regiões do cérebro de seu voluntário budista que apresentam atividade significativa enquanto este tenta conduzir a própria mente ao estado conhecido como “compaixão incondicional”, a descoberta neurocientífica mais recente descobrem como surgem as emoções negativas no cérebro. Raiva, irritação, ódio, inveja, ciúmes, os budistas enfrentam com serenidade e satisfação até mesmo o lado ruim da vida. A meta suprema da meditação consiste em cultivar as qualidades humanas positivas.

Com auxílio da meditação das ondas cerebrais e dos procedimentos de diagnóstico por imagem, os cientistas buscam descobrir o que o nosso órgão do pensamento faz enquanto mergulhamos em contemplação interior. Estudos de imageamento indicam que a prática da meditação reorganiza o cérebro, permitindo controlar e modificar reações automáticas. Uma das leis fundamentais da neurociência dizia que as conexões entre as células nervosas do cérebro se estabelecem na infância e se mantêm inalteradas até o fim da vida. Hoje se sabe que tanto a estrutura quanto o funcionamento de nossa massa cinzenta podem se modificar até a idade avançada.

O pesquisador Davidson queria saber se atividades puramente mentais poderiam modificar o cérebro e de que forma isso atuaria sobre o estado de espírito e a vida emocional de uma pessoa. Seu primeiro voluntário, um abade indiano, trazia na bagagem mais de 10mil horas de meditação e, uma vez no laboratório, logo causou surpresa. Seu córtex frontal esquerdo revelou-se muito mais ativo que o de outras 150 pessoas sem experiência de meditação. Como Davidson já havia constatado, tal padrão de excitabilidade sinaliza um “estilo emocional positivo”. Nas pessoas mais infelizes e pessimistas, o predomínio é do lado direito. Tipos otimistas, ao contrário, têm o córtex frontal esquerdo mais ativo..

Experimentos mostraram que estas pessoas superam com mais rapidez emoções negativas. Fica evidente que essa região cerebral mantém sob controle os sentimentos ‘Ruins”e, dessa forma, talvez responda também pela paz de espírito que caracteriza tantos budistas. Davidson continuou testando mais monges e o resultado foi o mesmo. “A felicidade é uma habilidade que se pode aprender, tanto quanto um esporte ou um instrumento musical. Quem pratica fica cada vez melhor.” Mas como podia ele saber se aqueles mestres de meditação já não possuíam cérebro “feliz” antes de pisar num mosteiro? Por isso recrutou voluntários sem a prática da meditação que participaram de um curso de meditação e de acordo com as medições efetuadas por eletroencefalograma (EEG) a atividade no lobo frontal daqueles que participaram deslocou-se da direita para a esquerda!!!!!

Podemos desenvolver um cérebro feliz via meditação e principalmente através da prática meditativa da compaixão incondicional: amor e compaixão que penetram na mente fazendo com que o praticante não apenas resolva seus problemas de forma mais positiva como se disponha a ajudar os outros sem nenhuma reserva.

É a ciência mais uma vez provando os efeitos benéficos da meditação. Vamos praticar e desenvolver um cérebro “feliz”.

Read more