Nossos aprendizados mais profundos surgem como resultado de nossos conflitos com os outros. Sempre que você tem um conflito com alguém, pode aprender a partir de suas reações ao conflito. Por exemplo, digamos que seu companheiro esqueça seu aniversário e você sente-se aborrecido.

Você pode se proteger culpando seu companheiro que pode, então, ficar zangado, o que magoa você, e então vocês dois se afastam, sentindo-se incompreendidos, ou lembrar gentilmente seu companheiro e abertamente perguntar porque ele/ela esqueceu seu aniversário e explorar suas reações e como você reage quando suas expectativas não são cumpridas e experimentar o resultado totalmente diferente: De aprender a partir de uma intenção de aprender. Claramente a escolha da reação passa a ser sua e quando você faz a escolhavocê tem um sentimento de potência, de ter o poder e o controle com você.

coisas-que-os-homens-odeiam-nas-mulheres

Como você reagiria se seu parceiro revelasse sua atração por outra pessoa? Você investigaria o porque deste sentimento e aproveitaria para aprender e evoluir nesta situação? O comportamento amoroso é a vontade de estender o interior de alguém com o intuito de educar o próprio crescimento.

Primeiro, para a maioria das pessoas, há uma grande diferença entre o amor que eles dizem sentir e aquele que seus comportamentos indicam. Freqüentemente, quando ocorre um conflito, as pessoas que dizem se amar entre si não agem demonstrando o amor que sentem, ao invés disso, demonstram suas barreiras.

Num conflito apenas duas únicas intenções possíveis aparecem: Intenção de aprender ou a intenção de proteger. O conflito – qualquer situação que produz desconforto, sentimentos de medo, culpa, raiva, decepção ou mágoa – ocorre quando outra pessoa faz algo de que você não gosta ou pensa ser errado, ou quando você faz algo de que outra pessoa não gosta ou crê que seja errado, ou você faz algo que você pensa ser errado, o que cria um conflito interno. A reação aprendida e instantânea ao conflito é proteger-se.

Fiz uma Aula onde falo sobre Como lidar com conflitos e a negatividade nas relações.
Clique no banner para saber mais.

Aula Blindagem emocional – Como lidar com conflitos e a negatividade nas relações.

 

Além disso, todos aprendemos a responder defensivamente a qualquer desconforto, proteger contra sentimentos de ansiedade, decepção, tristeza, aflição, rompimento, solidão, mágoa e medo. E assim, há apenas duas intenções em resposta a qualquer desconforto – proteger-se contra o sentimento, tentando fazer os sentimentos irem embora negando-os, ou experimentar nossos sentimentos de modo que podemos aprender sobre os medos e crenças que estão gerando nosso desconforto.

Há 3 categorias de reações protetoras:

1) controle – tentando fazer com que os outros mudem seus comportamentos por meio da incitação de medo ou culpa;

2) consentimento – seguir em frente com aquilo que os outros querem , com medo do conflito;

3) resistência ativa – rebeldia ou passiva ( diz que vai fazer e depois não faz );

4) Indiferença – rejeição.

IMG POST CENTRO 07

É fácil ser amoroso quando as coisas seguem seu caminho, mas quando as pessoas fazem coisas das quais você não gosta, seus medos subconscientes aparecem mais próximos da superfície, fazendo com que você reaja normalmente com um comportamento protetor,rancoroso, que resulta, inevitavelmente, em outras pessoas tornando-se zangadas e comportando –se de modo rancoroso com você. Então, ou você cede, esperando acalmar a outra pessoa e reconquistar o amor dele/dela, torna-se rebelde ou esconde-se atrás de sua indiferença, logicamente, a outra pessoa reage às suas defesas com suas próprias defesas e cria-se, assim, um círculo protetor. Jogos de controle.

Quando você está aberto para aprender a partir do conflito, deseja entender a si mesmo e à outra pessoa. Você deseja aprender a partir de seus sentimentos em vez de proteger-se deles. A intenção de aprender inicia um processo de exploração que existe apenas duas condições:

1) uma disposição para experimentar a dor transitória que pode acompanhar a verdade e

2 ) uma crença de que existem razões muito importantes por trás de cada comportamento e sentimento, são como sinalizações: O que a vida quer me ensinar através disto? Quem desejo expressar ser nesta experiência? O que esta experiência quer comunicar para mim? Quando comecei a formatar isto?

>> Veja o meu próprio depoimento sobre o controle das emoções

A intenção de aprender com conflito raramente ocorre. Contudo, é o único modo de aprender como sair das suas tristezas e chegar ao amor incondicional. Ao reagir de maneira protetora, você não aprende nada, ao contrário, tudo se repete. Não existem muitos modelos que nos auxiliem a aprender como viver desta maneira, a maioria dos livros que tratam de relacionamentos reflete as antigas maneiras de raciocinar.

O Método do Movimento Perfeito é uma nova fronteira é uma nova forma de experimentar o que ocorre fora de nós, através do controle do que ocorre dentro de nós, é uma conexão profunda conosco mesmo, uma viagem de redescobrir a si mesmo e esta parte superior que é uma extensão da energia que nos mantêm e que nos criou: a Inteligência superior.

 

ASS ROSALIA

 

Rosalia Schwark
Psicóloga Especialista em Neurociência
Criadora do Método Movimento Perfeito

 

 

Existem diversas maneiras de você se beneficiar com o Método do Movimento Perfeito.
Aproveite para conhecer meus áudios

IMG POST PRODUTO

 

 

Deixar seu Comentário

Comentar