Já parou para pensar que você pode não ser o melhor para o outro?

Já parou para pensar que o outro pode não ser o melhor para você?
Você interage com outras pessoas e frequentemente este convívio é fonte de desconforto ou problemas. Pedir para que elas sejam diferentes não é a solução, pois a maioria não está disposta a mudar por sua causa. Por outro lado, mesmo que estejam, não podem consistentemente ser do jeito que você precisa para lhe deixar se sentindo melhor.

A solução para esta questão é muito simples: Está no alinhamento com a sua energia interna. Se a vibração dentro de você está desalinhada, não existe ação efetiva para solucionar a sua relação com o outro, não adianta argumentar e apresentar novas ideias.

Qualquer coisa que seja feita neste nível, apenas serve para piorar a situação. Antes de agir, procure por qualquer alternativa que lhe faça se sentir melhor. Encontre uma forma de sentir alívio, porque quando esta sensação é produzida é o sinal de que você retornou ao seu alinhamento.

Se você tomar consciência de que: Inicialmente tudo que você vê ao seu redor são materializações do seu pensamento e que elas iniciam com vibrações; depois, de que seus pensamentos são verbalizados e vivenciados como crenças da realidade; e de que, por fim, se dá a manifestação física, você saberá a origem do que chama de realidade.

Uso muito a metáfora que compara o fluxo do rio com o fluxo da vida: “Ou você se deixa levar pela corrente e confia, ou luta contra ela”. Pensamentos que lhe fazem se sentir bem significam que você está no fluxo do rio e aqueles que lhe fazem se sentir mal significam que você está remando contra a maré, fazendo com que você fique estagnado, perca as forças, até chegar ao ponto de desistir e afundar.

Não lute com a posição do outro, ou das circunstâncias, proteja a sua VISÃO.

 

Quando você luta com o que você não quer, significa que está dando grande importância para o que não deseja experimentar na sua vida. Agindo desta forma, você acaba, cada vez mais, atraindo, materializando e solidificando o indesejado.

Por isso, não lute com as condições inadequadas dos acontecimentos ou dos outros. Ao contrário: Identifique tudo que você não deseja, o mais rápido possível; defina o que você quer vivenciar; proteja a sua visão; mantenha-se no fluxo em direção de tudo o que você quer experimentar; pare de lutar. Não é na luta, na resistência, nas queixas, nas reclamações, nas exigências, nas tentativas de procurar controlar a situação ou o comportamento dos outros que está a sua resposta, pois, desta forma, você está reforçando o problema.

Nós somos um eterno tornar-se em constante expansão. Tudo que você deseja mais e mais está na corrente do rio, então você relaxa e o seu inevitável bem-estar, bem-viver, que é seu verdadeiro propósito, chegará naturalmente, porque ele está no fluxo.

Você tem duas opções: Estar no fluxo ou fora dele (resistindo).

Quando você aprende a trabalhar seus pensamentos e emoções, ao invés de suas ações, seus pensamentos e emoções, ao invés de tempo, espaço e distância, o intervalo entre o seu querer e ter é gradualmente e naturalmente reduzido.

Quando você retira da sua fórmula de viver bem a necessidade da mudança do outro para você ser feliz, você se torna realmente uma pessoa livre.

Nada é mais libertador do que não querer e nem precisar mudar o outro para ser feliz.

 

ASS ROSALIA

 

Rosalia Schwark
Psicóloga Especialista em Neurociência
Criadora do Método Movimento Perfeito

 

 

Deixar seu Comentário

Comentar