Esta parece ser a pergunta básica de todo o ser humano e todas as ciências evoluíram na busca da resposta para esta pergunta. Me recordo quando tinha 10 anos e meu irmão Rogério de 17anos estava em crise existencial, se perguntando o porque e o valor de ter que fazer algumas coisas e com que sentido e ficávamos por horas conversando, ou melhor eu escutando sem entender o porque de suas angústias, eu não entendia a necessidade dele nestas questões . Quando ele faleceu aos 21 em um acidente de carro, eu passei a ter as mesmas questões do sentido da vida. Me tornei pesquisadora da mente e emoções humanas, sempre na busca do sentido por tudo que passamos e do alívio das emoções que nos tornam descrentes.

Em abril de 2001, em Madri cientistas capturaram o sinal da nave espacial Pioneer 10, a primeira máquina humana que viajou além do sistema solar, em busca de informações distantes no Universo – Somos os únicos? A pergunta dos cientistas. Depois de três décadas no ar, o Pioneer deu o primeiro sinal ( aproximadamente 11 anos luz de distância ). Desenhada por Dr. Carl Sagan a nave possuí um “cartão de visitas” sobre quem somos nós- Humanos ( contêm um diagrama mostrando que somos o terceiro planeta a partir do sol, a figura de um homem e uma mulher e o símbolo químico demonstrando que entendemos a fórmula do hidrogênio, o mais abundante elemento do universo).

A busca por respostas viaja nas mais distantes galáxias e também faz suas viagens no mais profundo elemento de nosso mundo interior: nosso DNA. Aplicando a descoberta da linguagem da vida nos elementos familiares do hidrogênio, nitrogênio, oxigênio e carbono, as formas de nosso DNA ,agora podem ser traduzidas com as letras chaves de linguagens antigas tanto no alfabeto Hebreu quanto arábico, como um código de Deus imprimido em nosso elemento mais básico : a genética do ser humano. A mensagem revela que letras precisas do nome Deus está impressa em cada célula de nosso corpo. A mensagem aponta: “ Deus eterno dentro do corpo”. O significado: Humanidade, uma mesma família, através de uma herança única, marcada no DNA de aproximadamente 6 bilhões de humanos.

A resposta para nossas mais profundas buscas estão imprimidas dentro de nosso interior. A assinatura de nosso criador está dentro de nosso corpo.
O que nos deu origem? Você acredita na teoria Criacionista ou na teoria Evolucionista? A vida se originou espontaneamente de uma energia superior que a criou ( a Bíblia é uma teoria criacionista ), ou o resultado de forças evolucionárias ( teoria de Darwin )? Embora existam evidências de certos precursores da vida, como nuvens de amônia, que criaram blocos de clorofila e depois em plantas e blocos de hemoglobina em animais, nunca conseguiu-se reproduzir em laboratórios estas condições. Ambas teorias tem suas falhas e suas contribuições e com os avanços da própria ciência se descobre que a combinação de ambas seria uma melhor explicação- uma teoria híbrida, que apóia a teoria da evolução e dos processos geológicos ao longo do tempo e incorpora a visão criacionista de uma força superior e especial e que fizemos parte de algo maior que nós mesmos. Até mesmo o mais cético cientista, com as inúmeras evidências de uma força de grande inteligência e de grande magnitude operando dentro de nós, compreende a necessidade de revisar teorias antigas sobre de onde viemos.

Independente do mundo externo nos dividir em famílias, raças, nações, religiões, como podemos viver e construir nosso mundo sabendo que nossa existência vem de um único criador cujo o nome está literalmente marcado em cada célula de nosso corpo?

O Nome Deus está marcado na fábrica de nossa existência.

Somos todos um e iguais em essência, mesmo com todas e tantas diferenças externas.

“Todas as pessoas que estiverem seriamente envolvidas com a busca da ciência se convenceram que um “espírito” se manifesta em todas as leis do universo- um espírito vastamente superior ao homem”- Albert Einstein, resposta a um estudante que perguntou se cientistas rezavam.
O Movimento Perfeito é uma filosofia de vida, é um método baseado no alicerce dos recursos imensos que o ser humano tem de criar, evoluir e transformar-se. A base do nosso método é a psicologia comportamental e as ciências avançadas, porém acredito nesta força superior e divina que é nosso Deus, nosso pai e nosso criador. E muitas vezes, a lembrança disto e a conexão silenciosa com Deus é a cura para a solidão e falta de compaixão. Fique em alinhamento com seu Deus e pratique o Movimento Perfeito, uma tecnologia moderna para provar o que Deus sempre nos afirmou: Somos filhos e semelhantes a ele.

Um abraço!

ASS ROSALIA

 

Rosalia Schwark
Psicóloga Especialista em Neurociência
Criadora do Método Movimento Perfeito

 

Deixar seu Comentário

Comentar