Todos se assombram diante do cérebro, que já foi chamado de “o universo de 1,5 quilos” , cerca de 100 bilhões de células nervosas, que formam em média um trilhão de conexões chamadas “sinapses” , nosso cérebro não só interpreta o mundo , mas o cria. Tudo que vemos, ouvimos, tocamos, saboreamos e cheiramos não seria aprendido sem o cérebro.


Um cérebro básico reage apenas aos 5 sentidos , um super cérebro desenvolve o sexto sentido.
Trabalhar a sua percepção aguçando seus cinco sentidos faz você ter um olhar de águia, percebendo estímulos externos com mais intensidade, o tornando mais rápido nas reações e mais intenso, agora imagine que fazer isso, é também o que desenvolve um super cérebro, produzindo super resultados.

Desenvolver um super cérebro começa com a consciência.

Você pode reagir de forma inconsciente e automática a visão de uma flor, ao aroma de uma comida, a um abraço de alguém, ou você pode ir além de reações automáticas e praticar a sensibilidade. Isso exige de você habilidades, que geralmente não usamos no nosso dia a dia.

Estamos na correria externa, tentando administrar tarefas, cumprir com papéis e deixamos de apreciar um chafariz e os pássaros sobrevoando numa dança maravilhosa em busca de água, que está no nosso lado direito, enquanto caminhamos apressados, respondendo uma mensagem que acabamos de receber pelo celular.

Vemos, ouvimos, mas não capturamos a beleza da cena, porque nossa mente está envolvida não com o que está acontecendo no momento e sim a outros dois fatores: pressões internas e pressões externas. Isso vai tirando as cores e sabores da vida e vai nos tornando insensíveis, o que literalmente, nos faz viver uma vida básica, usando o nosso imenso potencial cerebral de forma básica também. Que desperdício!!!

Todos os dias nos submetemos à explosão de atividade elétrica e química que caracterizam um ambiente cerebral, essa explosão é criada pela qualidade de nossos pensamentos e emoções que descarregamos diante dos estímulos externos.

Super cérebro

Raiva, medo, e estresse rotineiro fecha o córtex pré-frontal, a parte do cérebro responsável pela tomada de decisões, pela correção de erros e pela avaliação das situações com clareza mental, e quando estamos muitos envolvidos com preocupações, queixas, críticas, explicações, perdemos nossa capacidade de lucidez interna e acuidade perceptiva, não percebemos as belezas do momento, somos insensíveis ao aqui e ao agora.

A vida se torna uma prisão, em vez de ser um lugar de enriquecimento.

A informação fundamental que precisamos estar consciente sobre nosso cérebro é que ele está sempre à espreita de nossos pensamentos. O que ele ouve ele aprende. Se nós lhe ensinamos limitações, ele será limitado.

E se fizermos o contrário? E se ensinarmos nosso cérebro a ser ilimitado? Teremos um super cérebro.

Seu cérebro foi criado para obedecer à sua liderança e quanto mais consciente você estiver disso, mais poder você tem de comandar suas reações e decisões.

Um dos gênios da humanidade Albert Einstein, demonstrou claramente o ingrediente número UM para ser genial em seus resultados, a capacidade do sexto sentido, que somente pode ser alcançada quando a sua mente está limpa de velhos hábitos mentais ou de hábitos automáticos, permitindo que novas soluções surjam, através do desligamento das preocupações e da conexão com o momento.

Você quer aguçar o seu sexto sentido?

1) Pare de repetir o que nunca funcionou. Fazer tudo angustiado e apressado já funcionou pra você? Pare e relaxe respirando cinco vezes bem lento e sinta seu corpo descontraindo.

2) Recue um pouco quando quer que uma ideia nova surja e aprecie a natureza.

3) Pare de lutar no nível dos problemas – a solução nunca estará lá. Escute uma boa música e relaxe.

4) Trabalhe sua inflexibilidade. Pode-se medir a adaptabilidade de uma pessoa pela maneira como ela consegue deixar pra lá, ser flexível e manter a calma nas dificuldades. E pode-se avaliar a dificuldade de adaptação de uma pessoa pela predominância de velhos hábitos e costumes que a mantêm paralisada.

5) Leia uma poesia, pare tudo e vá assistir um filme para ativar sua criatividade. Uma mente rígida nunca enxerga saídas.

6) Quando as velhas tensões aparecerem, afaste-se.
Vá tocar um instrumento, nadar, dançar ou simplesmente olhar por uma janela por 3 segundos a vida passando lá fora.

7) Deixe de brigar tanto para ter razão. No final das contas , ter razão não significa nada perto de ser feliz.
Deixe a felicidade cuidar de você.

8) Busque por um estímulo que você sabe lhe fazer bem….um banho demorado, uma massagem, comprar flores para casa , andar de bicicleta.

9) Siga o ditado surrado: Rir é o melhor remédio.
Meu maior instrumento de trabalho é o riso, o primeiro movimento químico que leva a pessoa ao processo de cura e sucesso em qualquer área da sua vida. Uso nas assessorias individuais, uso em cursos , palestras, porque cerebralmente está comprovado, o humor produz endorfinas , o ópio contra a dor e serotonina , o hormônio da felicidade.

Seguir esses passos não é apenas psicologia: eles criam espaço no cérebro para o seu sexto sentido aflorar e é exatamente esse sexto sentido que faz sua vida se tornar um jardim e não um campo de batalha.

 

ASS ROSALIA

 

Rosalia Schwark
Psicóloga Especialista em Neurociência
Criadora do Método Movimento Perfeito

Deixar seu Comentário

Comentar